Vereador eleito em Coroatá poderá ser cassado por compra de votos

8:47:00 PM

 

Registro foi feito pelo conselheiro tutelar Jarbas Almeida França

O vereador reeleito Macílio Gonçalves (PCdoB) está na mira do Ministério Público por compra de votos, no município de Coroatá.

Nas imagens abaixo, é possível ver que o candidato entrega um bolo de dinheiro a Jarbas Almeida França, conselheiro tutelar e forte liderança política no município, em troca de apoio nas eleições municipais.

O vídeo foi gravado por Jarbas, que informa que no mês de julho foi procurado por Macílio com a proposta financeira, além da promessa de cargo público e de um horário em programa de TV local. O vereador reeleito é apresentador de programa na cidade.

O conselheiro fez um depósito em juízo da quantia recebida pelo vereador, total de R$ 7 mil. O caso já foi protocolado no Ministério Público e está aos cuidados da promotora Aline Silva Albuquerque. Diante do crime eleitoral, Macílio poderá ter o mandato cassado e ficar inelegível.

Cabe à Justiça tomar as medidas cabíveis para que não fique impune esse tipo de crime que tem todas as provas para cassar o mandato do vereador.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.