RÁDIO NOVA UNIÃO FM 106.3MHZ

Postado em: 12 de julho de 2024 | Por: Ezequiel Neves

Técnica de enfermagem é condenada a 51 anos de prisão por tentar matar 11 recém-nascidos

 

Foto: Reprodução

A técnica de enfermagem acusada de tentar matar 11 recém-nascidos, em 2009, foi condenada a 51 anos e 8 meses de prisão em regime inicial fechado. De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), Vanessa Pedroso Cordeiro, hoje com 40 anos, teria administrado medicamento controlado, entre eles morfina, sem ordem médica, assumindo o risco de matar as crianças.

O advogado Flávio de Lia Pires, que representa Vanessa Pedroso Cordeiro, alegou, durante o julgamento, que “não há elementos que indicam substâncias no organismo de todas as crianças com sintomas”. Ele acrescentou que a ré “tem doze transtornos mentais”. Leia a manifestação completa abaixo.

Conforme o Tribunal de Justiça do RS, o júri terminou na madrugada desta sexta-feira (12). Os jurados consideraram a ré culpada por nove tentativas de homicídio qualificadas. Em um dos casos ela foi absolvidae, em outro, o crime foi desqualificado para lesão corporal.

Os fatos teriam ocorrido durante o expediente de trabalho de Vanessa em um hospital em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os bebês apresentaram problemas respiratórios, convulsões e foram internados na UTI Neonatal. Todos sobreviveram.

A mulher foi presa em flagrante após a polícia encontrar uma seringae medicamentosno armário dela. A técnica de enfermagem permaneceu em prisão preventiva por quase um ano. O MP alega que entre as substâncias encontradas na bolsa dela havia morfina.

Durante o interrogatório, Vanessa afirmou ter ministrado medicamentos às crianças, sem saber precisar o número de vítimas, nem dizer qual fármaco foi utilizado. Ela relatou que os remédios foram dados na boca dos recém-nascidos com uma seringa e que praticou os crimes por desconhecer, na época, que tinha um transtorno mental.

“Não conseguia parar de fazer [ministrar os remédios], mesmo sabendo que era errado. O que lembro é que nunca virei as costas para nenhuma delas [referindo que auxiliou no socorro]”, disse.

Leia a manifestação abaixo

A defesa respeita a decisão tomada pelo Conselho de Sentença, embora com ela não concorde. Entretanto, o que não pode ser aceito em relação ao resultado deste processo é a forma da aplicação da pena. O que foi imposto à Ré pela sentença não foi uma pena. Trata-se de uma desumanidade. Casos em que muitas pessoas foram a óbito por condutas tidas como dolo eventual tiveram penas muito inferiores à aplicada neste processo, onde não houve morte e sequer sequela decorrente de lesão em quaisquer das vítimas. Não se faz justiça com vingança e não se coloca pessoas doentes em cárceres. A defesa irá apelar da iníqua pena, que foi aplicada em contrariedade à posição do Ministério Público sustentada em plenário, visando não somente modificá-la, como anular o Júri, em razão de nulidade manifesta ocorrida durante o julgamento, confiando que o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, restabelecerá a justiça.

G1

PREFEITURA DE RAPOSA RECEBE NOTA C EM RANKING DE TRANSPARÊNCIA DO TCE-MA


O ranking de transparência é a forma do TCE-MA avaliar as prefeituras e órgãos do Maranhão. Na quarta-feira (10), foi divulgada a lista com as avaliações do primeiro semestre de 2024, as notas são classificadas com A, B e C. A Prefeitura de Raposa recebeu nota C, equivalente a 5,09.  Ficando entre os municípios com as menores notas. 

Clique Aqui e veja a relação completa, incluindo Câmaras Municipais.




Novamente a correção de Camarão na condução do Maranhão

 

O vice-governador do Maranhão, Felipe Camarão (PT), provou mais uma vez, para aqueles que ainda duvidam de sua serenidade e correção, que seguirá sendo aliado do governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB).

Depois de três dias como governador em exercício, Camarão devolve o cargo ao governador Carlos Brandão, que retorna da viagem internacional ao Panamá, e reassume o comando da Secretaria de Educação para seguir trabalhando na pasta.

“O governador Carlos Brandão já reassume o Governo do Maranhão, após missão no Panamá. Agradeço, mais uma vez, a oportunidade e a todos que estiveram conosco nestes dias. Estarei sempre à disposição para servir bem meu estado e, principalmente, o povo maranhense com lealdade, trabalho e afinco. Avante!”, destacou Camarão.

E assim, mais uma vez, Felipe Camarão cumpriu o seu papel com correção e lealdade, demonstrando que seguirá aliado e apoiando a gestão do governador Brandão.

Câmara de Paço abre processo de cassação de Paula Azevedo

 

O que tava ruim pode piorar. É exatamente assim que se encontra a situação da prefeita afastada de Paço do Lumiar, Paula Azevedo (PCdoB).

A prefeita de Paço do Lumiar está afastada, pela segunda vez, por 90 dias, após decisão em dia 28 de junho, do juiz Gilmar Everton Vale, titular do Termo Judiciário da 1ª Vara de Paço do Lumiar. Só que agora o afastamento pode levar a cassação.

Nesta sexta-feira (12), a Câmara de Paço do Lumiar decidiu, por 13 votos a favor e 04 contrários, instaurar uma Comissão Processante que poderá cassar o mandado da prefeita afastada. Paula Azevedo é alvo de dois pedidos de cassação no parlamento municipal.

Os parlamentares devem decidir se cassam, ou não, a gestora afastada, com base em duas denúncias de irregularidades:uma relacionada à contratação de empresa de locação de veículos, e outra referente a possíveis irregularidades em adesões a atas de registro de preço que culminaram com contratos da ordem de R$ 6 milhões.

Os sorteados para compor a comissão processante da 1ª denúncia foram Fernando Feitosa, Bianca Mendes e Mauro Multibancos. Já na segunda denúncia, Vanusa Neves, Wellington Sousa e Alexsandra Garcia compõem a comissão.

Paula Azevedo, que acompanhava a sessão na Câmara de Vereadores, após a decisão chegou a ameaçar os parlamentares de Paço do Lumiar.

“Quero dizer uma coisa, além da prefeita Paula está sendo cassada nesse momento, eu quero dizer que não vai ficar só a prefeita Paula cassada, nós vamos também entrar com a cassação dos vereadores, vai entrar o processo de cassação de vereadores nessa Câmara”, disse.

Os únicos que votaram contra a formação da comissão foram os vereadores Fernandinho, Alexsandra Garcia, Inácio e Mary do Mojó.


Ricardo Arruda destaca avanços na saúde do Maranhão

 

O deputado estadual Ricardo Arruda (MDB), durante a semana na ALEMA, destacou os avanços da rede de saúde do Maranhão. De acordo com o parlamentar, mesmo com poucos recursos vindos do Executivo Federal, a gestão do governador Carlos Brandão (PSB) conseguiu manter um bom funcionamento da rede.

“O Maranhão é um dos estados que recebe menos recursos do Governo Federal para atender às necessidades de saúde. Nós continuamos com o problema do subfinanciamento do serviço de saúde do Estado. Isso tem gerado a necessidade de um aporte muito grande por parte do Governo. Em 2023, a União repassou R$ 490 milhões para atender a saúde do Estado, sendo que o Governo do Estado teve que arcar com uma despesa de R$ 3,12 bilhões”, completou o parlamentar.

Ainda em seu pronunciamento, Arruda destacou os mutirões de cirurgias eletivas que estão contribuindo para diminuir as filas de procedimentos médicos nas unidades de saúde principalmente no interior do estado.

“Esse esforço do Governo do Estado resultou na redução das filas. O Maranhão em 103% a meta estabelecida com o Governo Federal. Ou seja, o governo superou a expectativa que havia com relação à redução de filas. Cirurgias eletivas, exames complementares, atendimentos especializados etc. Mas, para cuidar da saúde de forma efetiva, é preciso investir também na atenção primária, evitar que as pessoas adoeçam, e o Maranhão tem investido na atenção primária”, pontuou o deputado.

Postado em: 11 de julho de 2024 | Por: Ezequiel Neves

Foragida do Estado do Pará é presa pela Polícia Civil na Cidade de Raposa-Ma



A POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO MARANHÃO, através da Delegacia Especial de Raposa sob o comando do Delegado Marconi Caldas, deu cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva decretada pela Comarca de Tucuruí, Estado do Pará em desfavor de uma Mulher de 25 anos pela prática do crime de Homicídio.  A Prisão ocorreu na tarde de hoje no Município de Raposa. Após os Procedimentos de praxe a Presa será encaminhada ao Sistema Penitenciário onde ficará a disposição do Poder judiciário

Vídeo: Pré-candidato a vereador de Raposa-MA se envolveu em uma grande confusão nesta manhã (11).

 




Na manhã desta quinta-feira (11), o motorista Lucas Carneiro Oliveira, também conhecido como 'Lucas Paraíba', agrediu a equipe de reportagem da TV Mirante que mostrava, ao vivo, durante o Bom Dia Mirante, um acidente que atrapalhava o trânsito na Avenida Jerônimo de Albuquerque, região do Cohafuma, em São Luís.

Segundo testemunhas, Lucas causou o acidente e apresentava sinais de embriaguez. Ele bateu na traseira de outro veículo, que rodopiou na pista e ficou parado no meio da avenida, o que impediu a passagem de outros veículos em algumas faixas da via.

Enquanto a repórter Nicce Ribeiro reportava o acidente, ao vivo, o Lucas colocou a mão sobre a câmera e começou a agredir a repórter, o cinegrafista, Luís de França, além do auxiliar, Luís Garcês. A transmissão precisou ser interrompida.

Segundo Nicce Ribeiro, Lucas tentava impedir a equipe de realizar o trabalho de reportagem do acidente e atacou com socos e tapas.


Fonte: G1