12 de junho de 2022

‘ELA FICOU POR VOLTA DE 30 MINUTOS SOZINHA’, DIZ DELEGADO SOBRE MENINA QUE CAIU DE PRÉDIO EM SP

 

Fotos: Reprodução/Redes Sociais e Addriana Cuttino/g1

Rafaella Lozzardo, de 6 anos, passava o fim de semana com o pai —separado de sua mãe — quando foi deixada dormindo sozinha em casa na madrugada da última sexta-feira para sábado. Ao acordar no apartamento localizado na Rua Avenida Castello Branco, na cidade de Praia Grande, em São Paulo, notou que estava sozinha e pediu ajuda.

A menina chegou a gritar na sacada. Uma vizinha, ouvindo o chamado da criança, tentou interfonar para o porteiro, mas foi interrompida pelo barulho causado pela menina caindo do 12º andar até o subsolo da garagem. A Polícia Militar foi chamada e encontrou a menina já no chão do condomínio. A morte foi constatada por uma equipe do Samu,

— Ela ficou sozinha por volta de 30 minutos, pois o pai foi levar a namorada em um bairro distante do apartamento. Saiu do Canto do Forte em direção ao Quietude,  disse Alexandre Comin, delegado que realizou a prisão em flagrante do pai da criança.

Na delegacia, o pai não deu muitos detalhes, e aparentava estado de choque. Contudo, disse que deixou a menina dormindo em casa quando saiu e que teria mantido as luzes da sala acesas para ela. A mãe da criança chegou a ir à delegacia, mas estava em choque com a perda da filha.

Preso em flagrante por abandono de incapaz que resultou em morte, o pai da criança passou por audiência de custódia também no sábado, na cidade de Santos. Solto, ele deve responder pelo processo em liberdade, explicou o delegado. A família da criança, assim como pessoas que estavam no prédio, devem prestar depoimento nas próximas semanas.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

Apoio o Jornalismo Independente Pix 02789917345