Postado em: 19 de maio de 2020 | Por: Ezequiel Neves

Cloroquina é usada no Maranhão desde março


Oposicionistas de Flávio Dino querem fazer crer que, agora, ele se rendeu à cloroquina, que foi patenteada por Bolsonaro como bandeira política em meio à pandemia do coronavírus. O que eles não contam é que o governador do Maranhão sempre falou que o remédio era usado e prescrito por médicos.

Em vídeo publicado no dia 10 de abril, Dino afirma que a cloroquina é “usada na rede estadual há semanas”, e que o debate quanto a sua prescrição é de responsabilidade dos médicos.

O que ele sempre criticou, na verdade, foi o uso político do remédio, que não tem eficácia comprovada, mas está sendo usado em alguns casos. Em todos os hospitais do Brasil.

Esse debate agora, após aparecer uma foto de um kit que é dado pelo governo do Estado para pacientes que se encaixam nos protocolos há semanas (o remédio data do dia 20 de abril), é usado como discurso bolsonarista contra Flávio Dino, uma das vozes mais combatentes aos desmandos do presidente da República.

A cloroquina não evitou as mais de 80 mil mortes nos Estados Unidos, mesmo com o presidente Trump fazendo lobby por ela. Não existe remédio para a Covid-19. É preciso ter cuidado com quem usa isso para faturar politicamente.

Veja o posicionamento do governador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.