Em Caxias, Polícia Civil estoura fábrica clandestina de medicamentos

1:05:00 PM



Em ações contra a criminalidade no município de Caxias (MA), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Regional de Caxias, após investigações e monitoramento, fechou, na manhã dessa sexta-feira (25), uma fábrica clandestina de medicamentos, localizada no Bairro Volta Redonda. Na ação, os policiais prenderam José Francisco Nunes da Silva e apreenderam mais de 3 mil rótulos falsos, carimbo, centenas de garrafas vazias e com líquido. Todo o material recolhido foi levado para ser examinado pelo Icrim de Timon (MA).

Durante as investigações, o delegado regional de Caxias, Jair Paiva, representou um mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Caxias, que foi cumprido nessa sexta-feira (25). Segundo os levantamentos da polícia, os remédios eram falsificados no município de Caxias e cidades vizinhas.

O medicamento apreendido foi reconhecido como sendo fitoterápico produzido Jalapa, aguardente alemão, popularmente conhecido como garrafada. O remédio era fabricado sem o mínimo de higiene, com uso de álcool 90 graus proibido para a ingestão humana, sem autorização da Anvisa, e sem qualquer preparo técnico. Os rótulos contêm dados de empresas não existentes, bem como número de CNPJ, responsável-técnico e outras informações.


(Informações da SSP-MA)

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Olá Seja Bem Vindo (a)
Agradecemos pela sua Visita.
Obs: Comentários ofensivos e outros tipos de comentários serão retirados do ar.