Claro demonstra o próximo novo na Futurecom, com experiências imersivas baseadas em 5G

outubro 31, 2019

Imagem da Internet 



– A Claro aposta em ações imersivas com o 5G para a Futurecom 2019. A empresa vai aproximar a tecnologia do consumidor, demonstrando que a novidade vai muito além do ganho de velocidade em internet. O objetivo é entregar possibilidades reais de uso e deixar o consumidor mais próximo do novo que está para chegar. As ativações irão demonstrar o potencial do 5G em Cloud Gaming (jogos em nuvem) e em realidade virtual/aumentada. Para apresentar estas aplicações, a Claro se unirá a parceiros de tecnologia e inovação.

Com o Cloud Gaming somado à quinta geração de internet móvel, um jogador não precisará mais de um computador ou console com um poderoso hardware para processamento gráfico. Será possível jogar do celular, de um notebook ou de qualquer equipamento que permita conectividade em alta velocidade e baixa latência. Os jogos, que exigem o máximo de performance em processamento gráfico, rodam em máquinas poderosas que no futuro ficarão na rede (ou na nuvem), diminuindo a complexidade e o custo dos terminais. A experiência de jogar online na nuvem só é viável porque os jogos são armazenados e processados em servidores mais próximos do usuário e pela combinação da baixíssima latência do 5G, que elimina o atraso da transmissão, com as altíssimas velocidades da quinta geração.

Com a Ericsson, a operadora leva à feira um jogo que demanda alta capacidade de processamento e resolução gráfica. Mas, tudo isso, via smartphone. O armazenamento é realizado por Edge Computing, sendo que os comandos e as imagens do jogo são transmitidos entre nuvem e dispositivo em tempo real via streaming. O Cloud Gaming operando sobre o 5G traz uma nova relação de conectividade móvel para jogos fora de um console.

Uma demonstração em conjunto com a Nokia também materializará a superioridade do 5G e a viabilidade de jogar online em qualquer lugar e tela no futuro. No evento, três competidores vão simultaneamente comparar o mesmo game com situações distintas: com um notebook de configuração mais simples com processamento local; no PC gamer profissional, também com processamento local; e o terceiro com um notebook idêntico ao primeiro, porém conectado ao Cloud Gaming 5G. A ação deixará evidente o poder da quinta geração, que viabiliza o processamento gráfico do jogo a partir de servidores em nuvem, sem exigir configuração avançada no equipamento terminal.

Ainda com a Nokia, Intel e Sony Pictures, a Claro levará sua conexão 5G para uma experiência única de multiplayers e Realidade Virtual (VR), com o novo jogo Spider Man: Far From Home VR Experience. Um jogador estará no estande da Nokia e o outro interagindo no espaço da Intel durante a feira, em tempo real.

Todas estas ações têm o selo do Claro Gaming, plataforma que une os serviços de conectividade fixa e móvel, com benefícios exclusivos e atendimento especializado, em busca da melhor experiência para quem curte jogos eletrônicos e e-sports. Uma plataforma que já é realidade em casas através da rede fixa com fibra óptica e os consoles ou computadores de alta performance, mas que seguirá evoluindo com a chegada do 5G e Cloud Gaming.

Junto com a Huawei, a Claro apresentará ao visitante da feira um simulador de barco a remo e VR, em uma experiência “full wireless”, com o Game Fitness. No espaço os visitantes vão visualizar algumas das novas possibilidades do 5G, já que as imagens, ambientes virtuais gerados e todas as respostas instantâneas aos movimentos e comandos só são possíveis graças ao smartphone conectado a servidores com baixa latência. E para deixar ainda mais especial, a Huawei levará Fabiana Beltrame, primeira mulher brasileira a competir nos Jogos Olímpicos pelo remo e primeira campeã mundial do país, para participar da ativação.

Além do Cloud Gaming, também com a Ericsson a Claro fará transmissões 4K em tempo real, por meio da conectividade 5G e do mochilink – que é a solução para transmitir conteúdo em tempo real com extrema qualidade e mobilidade. Com essa tecnologia, será possível trafegar dados, vídeo e voz em altíssima velocidade diretamente para um servidor de recepção 4K, que também estará no evento.

A Claro também estará junto à Qualcomm fornecendo sua conexão para demonstrações distintas de IoT. Uma delas é uma proposta de Smart Home (automação residencial), com o CPE 5G (Customer Premises Equipment) conectado a uma torre Wi-Fi 6 e à rede Mesh. A segunda é a Industrial 5G, que mostra como a tecnologia 5G pode ser aplicada no setor industrial por meio de um equipamento de realidade virtual que permitirá aos visitantes interagir com um robô.

“A Claro traz experimentações, casos de uso e protótipos da tecnologia 5G para a Futurecom. Uma tecnologia que está iniciando no mundo, mas promete transformações profundas em diversos segmentos da sociedade e que está cada vez mais próxima de virar realidade também por aqui. O 5G tem potencial de transformar setores como entretenimento, esportes, indústria e agricultura. A Claro está junto nessa jornada de inovação, sempre e em primeiro lugar olhando para as necessidades dos nossos clientes”, explica Marcio Carvalho, Diretor de Marketing da Claro.

Mas a Claro não estará na principal feira do setor apenas para falar de futuro. A Claro foi pioneira e lidera a implantação do 4.5G no Brasil, agregando novas cidades mês a mês. E este é um movimento que, além de viabilizar as maiores velocidades de acesso hoje, avança na preparação da rede da operadora para o futuro. “Há três anos iniciamos o maior projeto de expansão e modernização de rede móvel no Brasil, ampliando cobertura, conectando as nossas estações com fibra óptica, ativando o espectro de 700 MHz, combinando com as outras faixas de frequências e adicionando funcionalidades avançadas como a modulação 256QAM, o MIMO 4x4 e tecnologias específicas para internet das coisas, como o LTE-M e o NB-IoT", explica o executivo da Claro.

Agricultura 4.0 e startups
Na frente de internet das coisas, a Claro apresenta junto com a Ericsson algumas soluções de IoT desenvolvidas pela área de negócios em parceria com o beOn Claro, hub de inovação da operadora. São iniciativas que buscam auxiliar e aprimorar o agronegócio no Brasil. Usando a rede NB-IoT, a solução Claro IoT apresentada foi desenvolvida em conjunto com a startup Agrusdata e traz uma estação meteorológica com objetivo de coletar informações das fazendas, melhorando a precisão da colheita e do plantio. Usando outra rede de IoT, o CAT-M, a Claro traz, em parceria com a startup Agres, um computador de bordo que permite a condução autônoma dos tratores e também auxilia o operador a reduzir falhas durante a condução da máquina agrícola, otimizando, por exemplo, a preparação do solo para as sementes. Para a futura rede 5G, a solução apresentada usa drones para monitoramento de fazendas por meio de aplicação de realidade aumentada.

Pioneirismo também nos testes 5G
A Claro já realiza testes utilizando a quinta geração da tecnologia móvel desde 2016, quando demonstrou uma rede pré-5G, com 5,6Gbps de velocidade na faixa de frequências de 15GHz. Depois, em 2017, demonstrou aplicações de baixa latência para controle de veículos autônomos através do 5G. Já no ano passado, também de forma pioneira, apresentou uma transmissão de vídeo Ultra-HD 8K sobre 5G com a Rede Globo e a Huawei. No mesmo ano, passou a operar com 5G no seu centro de inovação da Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro, utilizado pela Anatel para testes de interoperabilidade da tecnologia no Brasil.

Na última semana (20/10), a Claro protagonizou mais um marco histórico de inovação no Brasil: transformou o Allianz Parque no primeiro estádio brasileiro com tecnologia móvel 5G, em parceria com a Ericsson. Para demonstrar a tecnologia e seu potencial transformador, a Claro transmitiu a primeira apresentação em holografia em tempo real do Brasil, diante de um grande público, levando o músico Lucas Lima ao palco do espetáculo Led Zeppelin In Concert, apresentado pela Nova Orquestra. Na ocasião, o artista estava a aproximadamente 17 quilômetros do estádio, na sede da Claro, na Zona Sul de São Paulo. A distância não impediu que o músico interagisse e se apresentasse para o público de 5 mil pessoas como se estivesse no local, com uma imagem em tamanho real projetada no palco.

Sobre a Claro
A Claro é líder em Telecomunicações na América Latina e uma das maiores operadoras de multisserviços do Brasil, presente em todas as regiões do país. Está em mais de 4.200 municípios brasileiros e suas redes disponibilizam serviços a mais de 96% da população. A Claro oferece soluções integradas de conectividade, entretenimento, produtividade e serviços digitais de forma verdadeiramente convergente, em várias plataformas fixas e móveis. É líder em TV por assinatura, banda larga e a operadora que mais cresce em serviços móveis. Através da Embratel, lidera também o segmento de serviços corporativos, que incluem ofertas em nuvem, telecom, TI e segurança de redes e aplicações. Foi pioneira na implantação de todas as gerações de internet móvel no Brasil, inclusive o 4.5G, que permite navegar 10x mais rápido que a rede 4G tradicional. É líder em velocidade de conexão, tanto no celular como na banda larga residencial, com ultravelocidades. A Claro faz parte da América Móvil, com presença em 25 países, na América Latina e também na Europa e nos Estados Unidos.

Mais informações sobre a Claro:
In Press Porter Novelli - imprensaclaro@inpresspni.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comments

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.