Garotinho e Rosinha são presos no Rio

6:23:00 PM

O CASAL E OUTRAS TRÊS PESSOAS SÃO SUSPEITOS DE PARTICIPAÇÃO EM UM ESQUEMA DE SUPERFATURAMENTO EM CONTRATOS CELEBRADOS ENTRE A PREFEITURA DE CAMPOS E A CONSTRUTORA ODEBRECHT. É A QUARTA VEZ QUE O EX-GOVERNADOR É PRESO - E A SEGUNDA DA MULHER DELE.


O ex-governador do Rio Anthony Garotinho é preso em operação do Ministério Público - Reprodução/TV Globo

OS EX-GOVERNADORES DO RIO ANTHONY GAROTINHO E ROSINHA MATHEUS FORAM PRESOS NESTA MANHÃ EM UMA OPERAÇÃO REALIZADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO DE JANEIRO.
O CASAL E OUTRAS TRÊS PESSOAS SÃO SUSPEITOS DE PARTICIPAR DE UM ESQUEMA DE SUPERFATURAMENTO EM CONTRATOS CELEBRADOS ENTRE A PREFEITURA DE CAMPOS DE GOYTACAZES E A CONSTRUTORA ODEBRECHT PARA A CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES DOS PROGRAMAS "MORAR FELIZ I" E "MORAR FELIZ II" DURANTE OS DOIS MANDATOS DE ROSINHA COMO PREFEITA ENTRE OS ANOS DE 2009 E 2016.
A AÇÃO, BATIZADA DE SECRETUM DOMUS, FOI AUTORIZADA PELA 2ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES E TAMBÉM CUMPRE MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO.
ALÉM DOS EX-GOVERNADORES, SÃO ALVOS DE MANDADOS DE PRISÃO E BUSCA E APREENSÃO: SÉRGIO DOS SANTOS BARCELOS, ÂNGELO ALVARENGA CARDOSO GOMES E GABRIELA TRINDADE QUINTANILHA. SEGUNDO O MP, ELES SÃO PESSOAS DE CONFIANÇA DO CASAL GAROTINHO E EXERCIAM FUNÇÕES DE APOIO À ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, ESPECIALMENTE NO RECEBIMENTO DAS QUANTIAS INDEVIDAS.
POR VOLTA DAS 7H35, O MP INFORMOU QUE APENAS UM MANDADO DE PRISÃO AINDA NÃO HAVIA SIDO CUMPRIDO. O UOL TENTA LOCALIZAR A DEFESA DOS CITADOS.
DE ACORDO COM O MP, O ESQUEMA FOI REVELADO APÓS DECLARAÇÕES PRESTADAS AO MPF (MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL) POR LEANDRO ANDRADE AZEVEDO E BENEDICTO BARBOSA DA SILVA JUNIOR, EXECUTIVOS DA ODEBRECHT, EM ACORDO DE DELAÇÃO FECHADA NO ÂMBITO DA OPERAÇÃO LAVA JATO.
SEGUNDO O MP, VERIFICOU-SE QUE OS PROCEDIMENTOS DE LICITAÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DAS MORADIAS FORAM DIRECIONADOS PARA QUE A ODEBRECHT SAÍSSE VENCEDORA. SOMADAS, AS LICITAÇÕES ULTRAPASSAM R$ 1 BILHÃO. "AS CONTRATAÇÕES FORAM SUPERFATURADAS E PERMEADAS PELO PAGAMENTO SISTEMÁTICO DE QUANTIAS ILÍCITAS, EM ESPÉCIE, EM FAVOR DOS EX-GOVERNADORES", DIZ O ÓRGÃO EM COMUNICADO DIVULGADO.
ESTUDOS TÉCNICOS ELABORADOS CONSTATARAM, DE ACORDO COM O MP, SUPERFATURAMENTO CONTRATUAL DE R$ 29,1 MILHÕES POR OCASIÃO DO "MORAR FELIZ I" E R$ 33,3 MILHÕES EM DECORRÊNCIA DO "MORAR FELIZ II", EM PREJUÍZO DOS COFRES PÚBLICOS MUNICIPAIS.
SEGUNDO AS INVESTIGAÇÕES, FOI POSSÍVEL APURAR O RECEBIMENTO DO VALOR DE R$ 25 MILHÕES EM VANTAGENS INDEVIDAS PAGOS PELA ODEBRECHT A TÍTULO DE PROPINA, ENQUANTO O MUNICÍPIO SUPORTAVA PREJUÍZOS NO VALOR MÍNIMO DE R$ 62 MILHÕES EM RAZÃO DO SUPERFATURAMENTO DAS OBRAS, AS QUAIS SEQUER CHEGARAM A SER CONCLUÍDAS.
COM INFORMAÇÕES DE UOL NOTÍCIAS

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.