Bárbara Soeiro propõe debate sobre suicídio e depressão

6:13:00 PM

A vereadora Bárbara Soeiro (PSC)
No próximo dia 19 será realizado, às 10h, no plenário Simão Estácio da Silveira, da Câmara Municipal de São Luís, uma audiência pública que tem como objetivo debater o aumento de casos de depressão e suicídio, principalmente, na capital maranhense.
A iniciativa é da vereadora Bárbara Soeiro (PSC), que usou a tribuna da Casa na manhã desta segunda-feira, 2, para alertar e pedir o apoio dos seus pares para debater essa problemática que está acometendo centenas de pessoas em todo o mundo.
“O meu pronunciamento tem como objetivo despertar a cidade de São Luís para o grande problema que começamos a enfrentar e ainda não se encontra na visibilidade, que é a depressão e o suicídio. Aqui, nesta Casa, nós representamos a população, por isso, precisamos encarar essa problemática que já tem um aumento alarmante e as pessoas ainda têm medo, omissão e vergonha em discutir a questão que é séria e que precisa ser falado, por que falando, é que se socializa e se procura meios e condições para que um problema seja resolvido”, acentuou Bárbara Soeiro.
Ao destacar a campanha nacional “Setembro Amarelo”, de prevenção ao suicídio, a vereadora destacou os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), que apontou que 800 pessoas morrem de suicídio por ano.
Bárbara Soeiro disse que o assunto é preocupante porque são doenças que as pessoas precisam entender e encarar que tem jeito, que existem profissionais, que existe rede de proteção para ajudá-las. “Existe todo um tratamento na rede pública e que precisa ser falado. Esses problemas sociais que também nos aflinge precisam ser banidos com coragem e isso eu tenho certeza que esta Casa fará. Por isso, convido todos os meus pares para participarem dessa audiência para que possamos debater esse assunto que é de fundamental importância para a sociedade”, sentenciou.
Apoio
Em São Luís existem vários locais onde as pessoas encontram apoio, a exemplo do Centro de Valorização à Vida (CVV), que presta serviços voluntários e gratuito de apoio emocional. É um serviço preventivo feito através do nº 188; o Centro de Apoio Psicossocial e os Cras.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.