Relatos de violações a direitos marcam audiência sobre a Palestina

9:38:00 PM

Encontro foi marcado pelos depoimentos dos graves desrespeitos ao povo palestino e pelos pedidos de apoio para que congressistas brasileiros apoiem o reconhecimento do território em relação à Israel.

Richard Silva Márcio Jerry declarou solidariedade ao povo palestino
Uma audiência pública realizada pela Câmara dos Deputados discutiu, na tarde desta terça-feira (8), as violações de direitos humanos e o agravamento dos conflitos na Palestina. Solicitada pelos deputados Marcio Jerry (PCdoB-MA), Érika Kokay (PT-DF) e Helder Salomão (PT-ES), o encontro foi marcado pelos depoimentos dos graves desrespeitos ao povo palestino e pelos pedidos de apoio para que congressistas brasileiros apoiem o reconhecimento do território em relação à Israel.

Além dos relatos de segregação, a audiência também foi marcada por críticas aos recentes posicionamentos de países como Estados Unidos e Brasil, cujos chefes de Estado têm aprofundado relações diplomáticas com o Governo israelense, validando a política de apartheid contra árabes.

De acordo com o pesquisador e ativista, Pedro Charbel, ao buscar armamentos usados pelo exército israelense, representantes dão aval à militarização do “laboratório” que hoje se tornou Israel, ajudando a financiar empresas que lucram com a opressão que vigora na região.

“Um sujeito que quer atirar em pessoas, na ‘cabecinha’, vai buscar em Israel drones que atiram, como fez (Wilson) Witzel assim que foi eleito, antes mesmo de tomar posse, buscando militarizar ainda mais a vida das populações no Rio de Janeiro, sobretudo negros e moradores das favelas”, apontou.

Signatário do pedido, deputado federal Márcio Jerry reforçou a importância de estabelecer a solidariedade internacional à causa e de amplificar as falas dos representantes dentro do Parlamento Brasileiro. “É óbvio, mas é preciso lembrar que 142 países reconhecem a Palestina como Estado, mas ainda assim há incompreensões, supressão e negação de direitos. É preciso dizer, a partir de vocês, que estamos juntos e seguiremos juntos, lutando por liberdade, soberania e paz”, disse.

A audiência reuniu ainda o embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzeben, o presidente do Instituto Brasil-Palestina (Ibraspal), Ahmed Shehada, a professora do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília (UnB), Berenice Bento, o presidente do Observatório Euro-Mediterrâneo de Direitos Humanos, Ramy Abdu.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Olá Seja Bem Vindo (a)
Agradecemos pela sua Visita.
Obs: Comentários ofensivos e outros tipos de comentários serão retirados do ar.