Postado em: 11 de outubro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Porto do Itaqui bate recorde na movimentação de cargas

 

O Porto do Itaqui superou mais um recorde. Até esta segunda-feira (11), são mais de 25,4 milhões de toneladas de cargas movimentadas.

O novo recorde representa um crescimento de 12% em relação ao ano anterior.

“O Porto do Itaqui superou hoje o volume histórico de 25,4 milhões de toneladas movimentadas no ano de 2020”, afirmou Ted Lago, presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

O governador Flávio Dino destacou que a previsão até o fim do ano é de 28 milhões de toneladas movimentadas no Porto do Itaqui.

“Hoje o Porto do Itaqui, gerido pelo ⁦Governo do Maranhão⁩, quebrou o recorde de cargas movimentadas. Previsão de ultrapassar 28 milhões de toneladas em 2021. Parabéns à equipe da EMAP e aos parceiros privados”, destacou Flávio Dino

Câmara destaca iniciativas para combater a obesidade no dia nacional de prevenção da doença

 

Os vereadores Gutemberg Araújo, Concita Pinto e Paulo Victor possuem proposições que abordam a temática

Hoje, 11 de outubro, é o “Dia Nacional de Prevenção da Obesidade”. Por conta disso, a Câmara de São Luís realizou um levantamento sobre ações parlamentares que abordam a obesidade e contemplam o público acometido pela doença. O intuito foi alertar a população para o número crescente de obesos em todo mundo e mostrar à sociedade de que forma os vereadores têm trabalhado em prol da construção de políticas públicas em São Luís.

O dia, instituído oficialmente no Brasil a partir da Lei nº 11.721/2008, é relevante porque, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade e o sobrepeso têm adquirido proporções endêmicas. A instituição estima que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos ao redor do mundo estejam acima do peso, sendo 700 milhões de indivíduos com obesidade, isto é, com um índice de massa corporal (IMC) acima de 30.

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada em 2019 e publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2020, mostrou que, no Brasil, 6 em cada 10 pessoas estavam acima do peso. Eram cerca de 96 milhões de brasileiros que já possuíam Índice de Massa Corporal (IMC) na faixa de sobrepeso ou de obesidade.

A prevenção da doença, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), perpassa pela necessidade de conscientização da população sobre a importância da prática de atividade física e de manutenção de uma rotina alimentar saudável.

Já sobre a doença, o vereador e cirurgião geral do Aparelho Digestório e da Obesidade, Dr. Gutemberg Araújo teceu comentários. “A obesidade é uma doença crônica que não traz consigo não somente o excesso de peso, mas traz pelo menos 40 doenças associadas, como diabetes, hipertensão, doenças articulares e doenças pulmonares. O câncer é favorecido e aparece, pelo menos 5 vezes mais, em pacientes obesos. A obesidade é uma doença extremamente grave”, afirmou.

Dr. Gutemberg Araújo ainda explicou a relevância da existência do Dia Nacional de Prevenção da Obesidade no contexto atual. “A obesidade é uma questão gravíssima de saúde pública. Por este motivo, é importante ter o dia, para que possamos chamar a atenção da população para a gravidade da doença e para que as pessoas possam refletir sobre a questão”, disse.

O parlamentar e médico ainda assinalou que a doença também tem sido acometida por crianças e adolescentes atualmente. “A obesidade não atinge somente adultos. Vemos que as crianças hoje têm as mesmas doenças dos adultos e sabemos que, uma vez criança obesa, praticamente será um adulto obeso se não tiver todos os cuidados. Como a obesidade é uma doença multifatorial, ela é uma doença de dificílimo tratamento. Por esse motivo, temos que investir em políticas públicas de combate à obesidade e na prevenção, desde a infância até a adolescência”, acrescentou.

Proposições – É neste sentido que a Câmara de São Luís tem contribuído para esta questão de Saúde Pública. Por meio de proposições elaboradas por parlamentares como Gutemberg Araújo (PSC), Concita Pinto (PC do B) e Paulo Victor (PC do B), políticas públicas que abordam a obesidade têm sido criadas e propostas em São Luís.

O Dr. Gutemberg Araújo, por exemplo, foi autor do Projeto de Resolução 014/19 que criou a Frente Parlamentar de Combate à Obesidade na Câmara, com o intuito de debater com a sociedade o tema e criar políticas públicas de prevenção à doença, além de incentivar hábitos saudáveis.

O vereador também foi autor de proposições que resultaram nas seguintes legislações: Lei nº 4.475/2005, que cria o Programa Municipal de Prevenção e Controle da Obesidade em crianças e adolescentes; Lei nº 4.513/2005, que cria Semana de Combate a Obesidade Mórbida em São Luís; e Lei nº 327/2013, que desobriga os passageiros obesos de utilizarem as catracas dos ônibus que integram o Sistema de Transporte Coletivo Urbano de São Luís.

Dr. Gutemberg Araújo também elaborou o Projeto de Lei n°258/2019, que visa tornar obrigatória a disponibilização de suplemento alimentar pelo poder Executivo municipal aos pacientes que se submeteram a cirurgia de bariátrica, a requerimento do interessado e mediante receituário médico.

Já a vereadora Concita Pinto (PC do B) é autora do Projeto de Lei nº 226/2021. A proposição autoriza o poder Executivo a institucionalizar políticas públicas de saúde e inclusão das mulheres com sobrepeso e obesidade em São Luís.

A parlamentar também elaborou o Projeto de Lei nº 246/21 que visa assegurar a inclusão e a proteção da pessoa gorda nos estabelecimentos de ensino localizados em São Luís. Pelo PL, estabelecimentos de ensino públicos e privados deverão disponibilizar carteiras escolares adequadas à pessoa gorda, bem como devem garantir o ensino livre de discriminação ou práticas gordofóbicas.

O vereador Paulo Victor (PCdoB) também possui proposição que aborda o tema obesidade. Ele é autor do Projeto de Lei nº 032/21 que determina a todos os hospitais públicos e privados da cidade a disponibilização de leitos, macas e cadeiras de rodas dimensionados para pessoas obesas, com o objetivo de acomodá-las adequadamente nos hospitais e proporcionar a elas melhor tratamento médico.

(Câmara de SLZ)

Roberto Rocha acusa Flávio Dino de usar a polícia e o MP

O senador Roberto Rocha acusou, o governador Flávio Dino de guardar em uma gaveta no Palácio dos Leões, a investigação do Gaeco e Polícia Civil que teve como alvo o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), na Operação Nostrum.

Nas redes sociais, Roberto Rocha disse ainda que o governador Flávio DIno usa a Polícia e o Ministério Público como seu instrumento político.

“Neste caso, fica mais que evidenciado a prática do governador comunista em usar a polícia e parte do Ministério Público e da Justiça como seu instrumento político, eis que essa investigação é de 2015 a 2019, época em que Josimar era deputado estadual, e enquanto ficou aliado a Flávio Dino esse processo dormia em uma gaveta do palácio”, afirmou.

O governador Flávio Dino segue em silêncio, mesmo após a acusação grave feita pelo senador Roberto Rocha.

Flavio Dino e os indicados de Josimar e Weverton no governo

 

O governador Flávio Dino (PSB) segue fazendo de conta que não existe rompimento com os ex-aliados deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e até o senador Weverton Rocha (PDT) por conta da disputa eleitoral do ano que vem.

A prova disso é que o governador Flávio Dino ainda mantém na sua equipe, secretários indicados tanto por Josimar como por Weverton.

Weverton mantém a sua pré-candidatura, mesmo não sendo o nome da preferência do governador que seguirá ao que tudo indica com o vice-governador Carlos Brandão.

Por outro lado, nem Josimar e Weverton, mesmo sendo “ex-aliados”, não falam em deixar o governo. Para eles, se Flávio Dino quiser que demita os seus indicados.

Nos últimos dias, por conta da Operação Nostrum, Josimar de Maranhãozinho tem feito críticas ao governador, a quem responsabilizou pela operação do Gaeco e Polícia Civil, da qual foi alvo.

Ontem, por exemplo, Josimar atribuiu a Flávio Dino o cenário de mais miséria, mais descasos na saúde, mais fome, mais desigualdade e mais impostos no Maranhão.

“+Miséria + descasos na saúde e educação + fome + desigualdade e + impostos. Foi diante desse estado de caos generalizado, que nosso grupo decidiu apresentar um projeto sério, responsável e recheado de gestores capazes de transformar realidades. Nos colocamos contra o atraso”, afirmou Josimar.

Ainda assim, Josimar de Maranhãozinho segue com os seus indicados no governo Flávio Dino.

Deus não habita em templo feito por mãos humanas



 Atos 7: 48 / Atos 17: 24

 “Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta” ”O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens”.

É impressionante como existe, em nosso meio, digo meio cristão evangélico, pessoas que vivem ludibriando-se espiritualmente e, enquanto escrevo isso, fiz uma pausa para uma autoanálise e verificar se não estou na mesma condição. É desencorajador termos que compartilhar conhecimento com “cristãos” convencidos de uma condição espiritual que não estão vivendo.

A religião é indispensável na vida do crente, isso no sentido de externar aquilo que realmente o crente vive em seu íntimo. Não quero falar do que o termo bíblico original que designa a religião, mas expor enfaticamente o que representa a religião em nossa vida. Em uma forma mais fácil de compreender, a religião é necessária em nossa vida para que possamos praticar tudo quanto professamos, desta forma, podemos dizer que a Palavra de Deus nos faz conhecer a teoria e a religião nos impulsiona a por em prática essa teoria. A nossa devoção “religiosa” serve como um “revelador” da nossa condição espiritual, tal qual estamos espiritualmente é o que vamos praticar religiosamente.

Atentem para o sentido em que estou usando o termo religião, sem duvida, não estou usando de forma pejorativa, pois a própria Bíblia usa o termo aplicando-o de uma forma aceitável e agradável – “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e guardar-se da corrupção do mundo”. Tiago nos escreve isto porque há um gritante contraste entre aquele cuja religião consiste de cerimônias formais que não possuem coerência com a devoção sincera, e aquele cuja religião consiste de atos de misericórdia, porque flui de uma atitude de coração que é reta para com Deus.

Quando Lucas diz que Deus não habita em casa feita por mãos de homens, no sentido religioso ele está dizendo que a religião não é algo que pode ser estabelecido pelo próprio homem, ou seja, não somos nós que determinamos como vamos servir ao Senhor; não somos nós que estabelecemos como vai ser nosso culto de adoração; não somos nós que escolhemos um louvor que agrade a Deus; enfim, a nossa forma de adorar e até o que vamos oferecer a Deus tem que ter vindo dEle. Vem de cima, parte dEle, passa por nós e retornar para Ele.

Em suma, a nossa religião é pura quando adoramos a Deus em celebração contínua; quando compreendemos a nós mesmos e damos a nós mesmos no serviço a outros; quando amamos os nossos inimigos; quando procuramos vencer o mal com o bem, encarando os sofrimentos à luz da cruz.

Erivelton Figueiredo

Deus te abençoe.
Graça e Paz.

Referências:
– Dicionário Bíblico Wycliffe
– A Cruz de Cristo – John Stott

Postado em: 10 de outubro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Sem vacina da covid-19, Bolsonaro é barrado de entrar em jogo do Santos


O comprovante de vacinação completo é obrigatório para acessar ao estádio; presidente está passando o final de semana no Guarujá, litoral paulista

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi impedido de assistir ao jogo entre Santos e Grêmio, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, neste domingo (10/10). O mandatário revelou que o fato de não estar vacinado contra a covid-19 seria o motivo de não poder entrar no estádio.

“Por que passaporte da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos agora e falaram que tinha que estar vacinado. Pra que isso? Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou vacina”, queixou-se durante uma live exibida em seu Facebook.

Veja o vídeo:

(Correio Braziliense)

Postado em: 9 de outubro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Homem é preso no Maranhão acusado de estuprar filhos, cunhada, enteada e sogra; duas vítimas chegaram a engravidar

 


Um homem foi preso, na quinta-feira (7), acusado pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável, na cidade de Rosário, a 72 km de São Luís, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Segundo a Polícia Civil do Maranhão, o investigado vinha praticando reiterados atos de violência sexual e psicológica contra a cunhada, enteada, sogra e todos os seus filhos.

“Essas denúncias haviam chegado na Delegacia há alguns anos, quando eu ainda não respondia pela Delegacia. Mas nunca conseguiram ser comprovadas. E, recentemente, chegaram, novas denúncias. E, com o auxílio do Conselho Tutelar de Icatu, começamos a pedir exames físicos e psicológicos. E foi aí que começamos a coletar os indícios de que os fatos que eram denunciados eram verdade”, disse a delegada Tatyani Porto Fraga, titular da Delegacia Especial da Mulher do Município de Rosário.

De acordo com as provas apuradas pela Delegacia Especial da Mulher (DEM) de Rosário, com base em depoimentos das vítimas e o relatório social elaborado pela equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Rosário, os familiares viviam em situação extrema de vulnerabilidade e vitimização, a mercê dos abusos sexuais praticados pelo investigado.

“O que nós já conseguimos comprovar é que houve o estupro da cunhada, que acabou engravidando do autor e doou a criança. Também foi violentada a filha dessa cunhada, que foi a primeira ouvida e relatou que o homem estuprava a mãe dela, a prima, que também engravidou dele. A prima, que é enteada do agressor, confirmou a gravidez e que tinha abortado recentemente. Foi relatado que um dos meninos da casa também havia sido estuprado pelo autor e chegou até a adoecer, não conseguia andar direito. Esse fato nós não sabíamos e vamos investigar agora. A gente apurou que ele se achava o homem da casa e que todas as pessoas que estavam ali deveriam servir a ele como ele quisesse”, relatou Tatyani Porto.

A sogra, a filha biológica também chegaram a ser vítima de violência sexual e, assim como as outras vítimas, também sofriam agressões físicas e psicológicas.

“Nós identificamos que eles têm um grau de deficiências mental, um retardo, não uma incapacidade total, não algo que os impeçam de entender, de se lembrar de conversar. Mas existe um grau de deficiência que talvez tenha ajudado o crime ocorrer durante todos esses anos. E essa deficiência eu identifiquei na família da mãe, no autor não identificamos nada nesse sentido”, destacou a delegada.

Ainda segundo a polícia, foi possível constatar a gravidade dos crimes devido ao número de vítimas e pelo modus operandi das ações praticadas. O homem se valia do vínculo familiar, no qual possui com as vítimas – cunhada, enteada e filhos, e pelo fato de conviverem na mesma residência, para cometer os atos de abusos sexuais, no que tudo indica, de forma continuada e no âmbito doméstico.

“Inicialmente chegou até nós que ele havia estuprado a cunhada, irmã da esposa dele, e, possivelmente uma sobrinha, filha dessa cunhada e uma enteada. E nas oitivas no Creas de Rosário, todos os envolvidos foram acompanhados por psicólogos para que houvesse o menor dano possível. E se confirmaram todos os relatos de agressões sexuais. Em seguida, buscando provas físicas, testemunhais, porque infelizmente o estupro que acontece sem testemunhas, em locais ermos, dentro de casa. Acontece de uma forma que as pessoas não veem, sendo muito difícil conseguir uma testemunha para estupro”, explicou a delegada Tatyani Porto.

 (G1MA)