Postado em: 4 de novembro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Rodoviários dão prazo para pagamento de salários atrasados


Os rodoviários ameaçam entrar em greve novamente em São Luís.  É que o acordo firmado na Prefeitura de São Luís e que levou ao fim a greve que durou 12 dias em São Luís, ainda não foi cumprido por seis empresas.

Autoviária Matos Ltda; Viação Abreu/Seta Transportes; Planeta / São Benedito; Ratrans; Pelé / Patrol e Grupo 1001 não pagaram os salários atrasados a motoristas e cobradores, o que deveria ter ocorrido na última quarta-feira.

Em nota, os rodoviários deram um novo prazo de 72 horas para essas empresas cumprirem o acordo ou do contrário a categoria irá parar novamente.

“O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão ressalta, que segue atento a toda esta situação e caso, até quarta-feira (10), as empresas cumprirem com o compromisso feito, perante o Prefeito de São Luís, Eduardo Braide, pagando os salários dos trabalhadores, a paralisação será suspensa, caso isso não aconteça, não restará outra alternativa que não seja, suspender as atividades nas seis empresas citadas”,  diz a nota.

A Prefeitura de Sào Luís divulgou comunicado informando que já havia efetuado o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial ao sistema de transporte público.

“A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informa que já efetuou o pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial ao sistema de transporte público, bem como a Prefeitura de São Luís já encaminhou à Câmara Municipal o projeto de lei que cria o “Cartão Cidadão”.

O SET também divulgou nota e explicou o que o repasse pela Prefeitura só ocorreu na tarde de hoje.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) informa que o repasse do subsídio, que deveria ter sido feito pela Prefeitura na quarta-feira (3), foi feito somente por volta das 14h desta quinta-feira (4), e em parte. Assim, ao receber a confirmação do crédito na conta, as empresas iniciaram os pagamentos aos funcionários, sendo que alguns, por conta dos trâmites bancários e operacionais,não são creditados imediatamente nas contas. O SET reforça seu compromisso de agir com transparência e responsabilidade para que o transporte público continue a circular normalmente na capital”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.