Postado em: 4 de novembro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Pesquisa Ipespe diz que Lula ganha de todos e Bolsonaro não ganha de ninguém num segundo turno

 

Na pesquisa espontânea diferença de Lula para Bolsonaro é de sete pontos 

Nova pesquisa do Instituto Ipesp, divulgada nesta quarta-feira (03), confirma a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas intenções de voto para a eleição de 2022. De acordo com o Instituto,  os números do petista variam de 41% a 42%, dependendo dos cenários pesquisados, e nas simulações de segundo turno, venceria todos os candidatos.

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, tem 25% e 28% nos dois cenários pesquisados e perderia para todos os candidatos indicados em um eventual segundo turno.

Num cenário espontâneo, sem apresentação de nomes, a diferenças de Lula para Bolsonaro é de 7%. O petista soma 31% e o atual presidente tem 24%. Ciro Gomes aparece com 3% e Sérgio Moro 2%. Doria e Mandetta são citados por 1%.

No primeiro cenário com nomes de candidatos, o nome do PSDB seria o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o resultado seria este:

  • Lula – 42%
  • Jair Bolsonaro – 28%
  • Ciro Gomes – 11%. Os outros três candidatos somados não chegam a 9%.

No segundo cenário, Doria é substituído por Eduardo Leite (PSDB), e participam também Simone Tebet (MDB), Sergio Moro, Datena e Alessandro Vieira (Cidadania). O resultado é o seguinte:

  • Lula – 41%
  • Jair Bolsonaro – 25%
  • Ciro Gomes – 9%
  • Sérgio Moro – 8%.
  • Os demais nomes têm menos de 3%.

O Ipespe também mediu as intenções de votos em um cenário espontâneo, sem apresentar as opções. Lula soma 31%, Bolsonaro tem 24%, Ciro Gomes 3% e Sérgio Moro 2%. Doria e Mandetta são citados por 1%.

Para o segundo turno, o desempenho de Lula seria o seguinte:

  • Lula (50%) x Bolsonaro (32%)
  • Lula (49%) x Ciro (29%)
  • Lula (52%) x Moro (34%)
  • Lula (51%) x Doria (23%)
  • Lula (50%) x Leite (22%)

Quanto ao presidente Bolsonaro, ele perderia, além de Lula, para os demais. Com Gomes, seria 44% a 34%; com João Doria,  40% a 35%; e Eduardo Leite, 37% a 34%.


 Aquiles Emir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.