Postado em: 12 de novembro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Bira diz que quem defende PEC 18 desconhece realidade do país

 

Tramita na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18, que incentiva o trabalho infanto-juvenil. Contrário à proposta, o deputado federal Bira do Pindaré (PSB) a classificou a matéria como um retrocesso histórico que viola a Constituição Federal.

Para o parlamentar, que é vice-líder do PSB na Câmara, quem defende a PEC 18 desconhece a realidade da maioria das crianças e adolescentes brasileiros e, nas palavras dele, ‘nunca viram olho de cutia assobiar meio dia’.

“Elas pensam que a vida das pessoas pobres nesse país tem as mesmas condições dos filhos dos parlamentares que estão aqui defendendo essa proposta e que, neste momento, estão nas melhores escolas do Brasil, enquanto a maior parte da população não tem sequer a oportunidade, às vezes, de frequentar uma escola”, afirmou.

Ele recomendou que aqueles que defendem a matéria ‘coloquem a mão na consciência’. “Essa proposta é um retrocesso histórico. É um incentivo claro ao trabalho infanto-juvenil, que é proibido em nosso país pela Constituição da República. É uma cláusula pétrea. Nós não podemos aceitar que ela (PEC 18) se consolide. Lutaremos até o final contra essa proposta que incentiva o trabalho infantil no Brasil”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.