Postado em: 28 de outubro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Yglésio estuda propor criação da CPI do transporte público

 

A atuação do Legislativo estadual está cada vez mais incisiva em relação à greve dos rodoviários. Dessa vez, o deputado estadual Yglésio Moyses (PROS), que já vinha se posicionando sobre a situação, usou a suas redes sociais, nesta quinta-feira (28), para cobrar da Câmara de São Luís uma solução sobre a paralização do transporte público de São Luís.

Yglésio fala em abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI para investigar o transporte público.

“Respeitamos o papel institucional da Câmara Municipal de São Luís, porém, já chegamos ao oitavo dia de greve dos rodoviários sem perspectiva de solução.

Por isso, se até quarta-feira, a Câmara de São Luís não iniciar uma CPI pra investigar o que está acontecendo, nós, na Assembleia Legislativa, vamos fazer isso com base na Lei Complementar n.º 174/2015.”, disse em sua conta do Twitter.

O deputado se posicionou favorável à greve e reforçou o apelo que, inclusive, já vinha fazendo em relação à circulação de frota mínima.

“A greve é legítima, mas precisamos garantir o direito de ir e vir das pessoas. Por isso, reafirmo o apelo aos rodoviários para manter pelo menos 30% da frota nas ruas”, frisou.

Greve – O transporte público da Ilha de São Luís está fora de funcionamento há mais de uma semana. os rodoviários reivindicam reajuste salarial de 13%, auxílio-creche, ticket alimentação de R$ 800, jornada de trabalho de 6 horas diárias e a inclusão de um dependente no plano de saúde.

Até o momento, os empresários fizeram uma proposta de aumento salarial de 2%, cerca de R$ 30 reais a mais, recusada pela categoria.

2 comentários:

  1. Os oitocentos mil usuários deve entrar com uma ação judicial contra o SET e Sindicato dos rodoviários, já que eles estão prejudicando todos os usuários fe transporte urbano e semi urbano e, por não atender as ordens judiciais. Pois estão impedindo o direito dr ir e vir da população.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.