Postado em: 14 de setembro de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Hospital de Santa Inês registra BO contra cuidador de idoso


A direção do Hospital Municipal Provisório de Santa Inês registrou na tarde desta segunda-feira, 13, Boletim de Ocorrência contra o Cuidador, Wildevam Lima Silva. De acordo com a Direção do hospital, ele estava acompanhando um idoso de 76 anos. Esse idoso está sendo mantido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania desde o início da atual gestão. E, na última semana, precisou de atendimentos médicos. Então contratou o Cuidador para acompanhar o idoso ao Hospital dada a situação de total vulnerabilidade, já que não há familiares do idoso no município. Veja aqui o Boletim de ocorrência.

Segundo a denúncia, Wildevam sem informar a equipe de enfermagem, pediu a um dos maqueiros do hospital para levar o idoso para o banho. Ocorre que no hospital foi construído recentemente um banheiro especificamente para pessoas com dificuldade em locomoção. E ele por livre e espontânea vontade levou o idosos para uma área externa do hospital e gravou um vídeo supostamente denunciando a precariedade no atendimento. O vídeo circulou as redes sociais no último sábado, 11.

Esta não seria a primeira vez que o Cuidador faz divulgação de informações falsas sobre o atendimento no hospital. Isso, somado à questão da exposição desnecessária do idoso, levou o hospital a denunciar o Cuidador com base no Estatuto do Idoso. Nas imagens gravadas pelo Cuidador, o idoso aparece em situação humilhante, vexatória e degradante.

Wildevam foi candidato a vereador nas últimas eleições. Em nota publicada, a Direção do hospital repudia a conduta e diz que a postura do cuidador é intencionalmente ‘politiqueira’. Pois nos vídeos feitos por ele, usa termos que evidenciam a preocupação em prejudicar a gestão como “olha aí gestão tempo de mudança”, “olha aí a gestão prefeito Felipe dos Pneus”

“Lamenta-se o comportamento de alguém que foi candidato a vereador nas últimas eleições e, por motivos politiqueiros, deixa de cumprir sua função. Fica aqui nosso repúdio e que medidas judiciais sejam tomadas com base no Estatuto do Idoso” – conclui a Nota de Esclarecimento emitida pela direção do hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.