Postado em: 23 de maio de 2021 | Por: Ezequiel Neves

Tripulante de navio com variante indiana tem quadro clínico grave


Na noite deste sábado (22) a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que o indiano de 54 anos, internado em uma UTI de um hospital particular de São Luís com a variante indiana do coronavírus (chamada de B.1.617), permanece com quadro clínico grave.

Após apresentar piora no quadro clínico neste sábado (22), o paciente foi entubado. O indiano está internado desde o dia 14 de maio, quando o navio no qual era tripulante, MV MV Shandong da Zhi, chegou ao litoral maranhense vindo da Malásia.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou, em nota, que os 23 tripulantes embarcados no navio estão assintomáticos e seguem em quarentena.

O monitoramento tem sido feito por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIVES). A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) monitora o caso.

Testagem

Ainda segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste sábado (22) foram recebidas 102 amostras de pessoas que tiveram contato direto e indireto com os tripulantes do navio. A SES reforçou que não há confirmação de transmissão local da variante indiana.

As amostras serão processadas pelo Laboratório Central do Maranhão (Lacen/MA) e em seguida, enviadas para o Instituto Evandro Chagas (IEC), em Belém, para sequenciamento genômico.

O secretário de Estado da Saúde do Maranhão

Em entrevista ao jornal Edição das 10, da GloboNews, na manhã deste sábado (22), o secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, informou que dos 100 profissionais acompanhados e que tiveram contato com o tripulante do navio chinês em quarentena no Maranhão, 40 já testaram negativo para a cepa indiana do coronavírus.

De acordo com o secretário, até a manhã de hoje, 85 amostras já haviam sido enviadas pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém.

“A gente tá recebendo essas amostras que foram coletadas pelo hospital da rede privada. As primeiras, todas elas negativo. Isso é uma notícia boa que a gente tem. A gente começou a receber essas amostras no final da noite de ontem [sexta-feira] e, até agora, os primeiros resultados dos exames PCR, nenhum positivo. A gente acredita que até o final do dia, a gente deve ‘tá’ lançando mais um boletim, quando, então, a gente deve ter toda a análise de todas as amostras já coletas”, explicou o secretário Carlos Lula.

Entenda o caso

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou, na noite do dia 15 de maio, que um homem, de 54 anos, de nacionalidade indiana, foi internado em um hospital da rede privada de São Luís com sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O homem começou a sentir os sintomas da doença em 4 de maio, teve febre e foi encaminhado em um helicóptero para o hospital, por determinação da equipe médica.

Por causa da nacionalidade do paciente, a SES monitorou a possibilidade da presença de uma nova variante do coronavírus entre os infectados, o que foi confirmado na última quinta-feira (20), pelo Instituto Evandro Chagas, de Belém, e anunciado em coletiva de imprensa pelo secretário Carlos Lula.

A Índia é a líder mundial em número diário médio de novas mortes por Covid-19 e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a variante do novo coronavírus identificada no país está sendo classificada como digna de preocupação global, pois ela se dissemina mais facilmente.

A SES, em boletim divulgado na noite dessa sexta-feira (21), informou que o indiano, de 54 anos, que está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de hospital privado de São Luís apresentou piora de quadro clínico.

(Com informações do Imirante)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.