Postado em: 19 de maio de 2021 | Por: Ezequiel Neves

“Os casos estão subindo para uma terceira onda da pandemia”, diz Carlos Lula



O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, alertou que o Maranhão está em subida para a terceira onda, com o aumento de internações nos hospitais. Durante entrevista para o Bom Dia Maranhão, nesta quarta-feira (19), Carlos Lula disse que no último sábado (15), por exemplo, 60 pessoas foram internadas somente na capital e, nesta terça-feira (18), foram mais 40.

“Esses números mostram a falsa sensação que o pior tinha passado. Não quero ser o profeta das notícias ruins, mas estamos em uma subida para a terceira onda. Se isso continuar, iremos chegar rapidamente aos 100% de ocupação de leitos e a doença continua circulando de forma intensa”, destacou.

Questionado sobre a liberação de eventos neste momento, Carlos Lula pediu cuidado para população e ressaltou que as decisões não dependem somente da Secretaria de Saúde. “As decisões são baseadas, também, nas questões econômicas e sociais. Os donos de bares não tinham mais o que fazer, é uma decisão difícil, é preciso ter cautela e retomar as atividades aos poucos. É necessário e indispensável o uso da máscara”, disse Carlos Lula.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), a capital maranhense apresenta taxa de ocupação dos leitos de UTI de 96,7%. Dos 30 leitos disponíveis, 29 estão ocupados. Já os leitos clínicos, a taxa de ocupação é de 38 dos 90 leitos disponíveis, que significa 42,3%.

Navio em quarentena

Em relação ao navio atracado a aproximadamente 35 km da orla e a confirmação de 15 pessoas contaminados com a Covid-19, o secretário pediu calma para a população. O acesso das equipes está sendo realizado apenas por transporte aéreo e a SES está tomado todos os cuidados e prevenção.

“Queremos esclarecer para que as pessoas não fiquem com receio. Todos que vão até o navio não retornam ao local de trabalho. O navio só será liberado quando todos apresentarem resultado negativo e com a certeza que nenhum esteja transmitindo o vírus”, frisou.

Na próxima sexta-feira (21), sairá o resultado dos testes para confirmação de qual cepa os tripulantes estão contaminados. Após uma semana, todos eles passarão por uma nova bateria de testes.

Vacinação

O secretário finalizou a entrevista falando que nos próximos dias terá uma lentidão no processo de vacinação em todo o país, devido ao atraso das chegadas de insumos e também a deficiência com os kits de intubação.

“O Kit intubação não está resolvido, melhorou, mas a indústria brasileira ainda nãoconsegue entregar na medida que a gente precisa. Uma terceira onda pode levar a um cenário muito difícil, pois ainda não esvaziamos os hospitais como na primeira vez”, finalizou. 

(MA 10)

Veja o vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.