Soldado da Polícia Militar do Maranhão é executado a tiros em Teresina

agosto 29, 2020

O militar estava esperando a noiva, quando foi abordado pelos suspeitos e atingido com os disparos
Ainda nesta sexta-feira, dois suspeitos de participação no crime foram capturados pela PM piauiense.
O soldado Frantiaiallo Gonçalves foi surpreendido pelos suspeitos, no momento em que esperava por sua noiva
Por volta das 16h30, desta sexta-feira (28), o soldado da Polícia Militar do Maranhão Frantiaiallo Gonçalves Pereira Silva foi executado em uma avenida movimentada da capital piauiense. O crime ocorreu em frente a uma loja de veículos, no momento em que a vítima esperava por sua noiva.
Segundo a Polícia Militar do Piauí, o soldado Frantiaiallo estaria de folga e foi se encontrar com sua noiva, na Avenida João XXIII, na zona leste de Teresina, e ficou aguardando por ela em frente a uma concessionária de veículos. Nesse momento, os três suspeitos abordaram o militar e efetuaram os disparos, tendo um atingido seu peito.
Foi informado que uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foi chamada, mas quando chegou o soldado já estava sem vida.
A polícia do Piauí suspeita de execução, foi nenhum pertence do policial foi levado pelos suspeitos. No local do crime, ficaram a arma e a motocicleta do soldado, entre outros objetos.
Conforme apurado pelo Jornal Pequeno, o soldado Frantiaiallo Gonçalves era lotado no 16º Batalhão da Polícia Militar, do município de Chapadinha.
Um dos suspeitos presos foi identificado como “Diabão do Promorar”, comunidade da capital piauiense
PRISÃO DOS SUSPEITOS
Ainda na tarde e início da noite desta sexta, dois suspeitos de participação na execução do soldado foram presos. O primeiro foi capturado por um policial militar do Piauí, que estava à paisana, no bairro São João, que fica a 300 metros do local onde ocorreu o crime. O suspeito foi identificado somente como “Diabão do Promorar”.
O segundo suspeito foi preso no início da noite, por volta das 18h, nas proximidades da Avenida Miguel Rosa, na zona sul de Teresina. O carro utilizado pelos três envolvidos, um Fiat Uno branco, também foi localizado; assim como a possível arma utilizada no crime. A polícia segue realizando buscas para prender o terceiro suspeito.


Do Imparcial

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comments

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.