Márcio Jerry declara “irrestrito apoio” a trabalhadores dos Correios

9:49:00 PM


Nesta terça, trabalhadores confirmaram apoio à paralisação, em protesto pela retirada de direitos e tentativas de privatização dos Correios
Em um discurso proferido na sessão virtual da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (18), o vice-líder do PCdoB, o deputado federal Márcio Jerry (MA) prestou sua solidariedade aos funcionários dos Correios, que iniciaram na manhã de hoje uma greve nacional por melhores condições de trabalho e contra a proposta de privatização da empresa.

“Quero deixar uma palavra aqui de solidariedade, de estímulo, de compromisso com os companheiros e companheiras dos Correios, que precisaram paralisar as suas atividades em defesa dessa empresa tão importante em nosso país. A todos eles o nosso irrestrito apoio e a nossa disposição de estar junto lutando em defesa da empresa, dos direitos dos trabalhadores. Portanto, viva a luta dos companheiros e companheiras dos Correios!”, declarou o parlamentar.

Nesta terça, cerca de 100 mil trabalhadores de todo o Brasil confirmaram apoio a uma paralisação por tempo indeterminado, em protesto pela retirada de direitos, em meio a especulações de privatização da empresa e denúncias de negligência do governo com a saúde de colaboradores durante a epidemia da Covid-19.

Em nota, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect) afirmou que desde o início de julho tenta estabelecer o diálogo com a direção da empresa em torno da pauta de uma negociação. No entanto, além da falta de apoio, a categoria alega que foi surpreendida desde o dia 1º de agosto com a revogação do atual Acordo Coletivo e as mais de 70 cláusulas estabelecidas.

Por meio do sindicato, trabalhadores afirmam também que a grave é uma luta contra a privatização dos Correios, além do descaso e negligência com a saúde e vida dos colaboradores que seguem trabalhando durante a pandemia.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Olá Seja Bem Vindo (a)
Agradecemos pela sua Visita.
Obs: Comentários ofensivos e outros tipos de comentários serão retirados do ar.