Flexibilização vai continuar, mesmo com aglomerações

2:06:00 PM

o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), concedeu, entrevista coletiva nesta segunda-feira (8) e a expectativa era que anunciasse novas medidas para a flexibilização das atividades, mesmo em meio ao avanço da pandemia do novo coronavírus no estado, mas nenhuma nova medida foi anunciada para evitar as aglomerações.
Em apenas uma semana do mês de junho, com o início da flexibilização das atividades, o Boletim da Secretaria de Saúde, aponta que foram registrados 232 óbitos em todo o Maranhão.
O governador anunciou que uma das metas para os próximos dias será o aumento de testagem no Maranhão que deverá ser triplicado. Com a medida, a taxa de mortalidade deverá diminuir no Maranhão, embora os números absolutos de óbitos continuem aumentando nos últimos dias
Flávio Dino destacou o papel da fiscalização que, segundo ele continua sendo feita embora as imagens que vimos no fim de semana mostraram o contrário. “A fiscalização realiza todos os dias operações, mas nós temos também esse canal de whatsapp para todos. Não depende do governador e do governo do Estado. Nós não podemos fazer isso sozinho e temos sempre pedido a colaboração de todos para que nós possamos vencer aquilo que ameaça a todos. No atual momento da pandemia no Maranhão é vital o cumprimento das medidas sanitárias”, disse acrescentando que verificará essa semana o que é possível fazer nos locais de lazer.
Mesmo diante das imagens de aglomeração que vimos no fim de semana, o governador disse que vai aguardar os próximos dias e garantiu que haverá a abertura de novas atividades até o fim do mês de junho. “Vamos ver nas próximas semanas. Não ignoro aqueles que acham que isso vai levar a um novo descontrole do novo coronavírus. Estamos fazendo esse processo progressivo, mas que pode ser revisto não só pelo governador, mas também pelos prefeitos. Se nós avaliarmos que os hospitais estão sendo sobrecarregados, podemos fazer um processo de novo rigor. Neste momento ele não está configurado com base nos dados”, afirmou.
Flávio Dino disse que no caso das escolas, a previsão para o dia 15, mas diante do cenário, a nova previsão passou para o dia 1º de julho, o que deve ser anunciado ainda essa semana, mas isso, segundo o governador não significa dizer que as aulas vão começar no dia 1º de julho. “Vamos fazer possivelmente que as escolas possam retomar as atividades a partir do mês de julho, mas isso é uma previsão por enquanto”.
O governador anunciou a abertura de hospitais e leitos exclusivos para a Covid em Lago da Pedra, Viana, Santa Luzia do Paruá, Pedreiras, Pinheiro e Itapecuru-Mirim e confirmou a liberação das atividades em templos religiosos e evangélicos para no máximo até amanhã.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.