Bolsonaro tenta forçar barra para retorno do futebol

maio 22, 2020

O presidente Jair Bolsonaro continua brincando com a pandemia do novo coronavirus. No dia em que o Brasil bateu recorde de mortes e hegou a 310 mil casos confirmados e 20 mil e 47 óbitos, segundo o Ministério da Saúde, a pauta do presidente foi a volta do futebol no país.
Na quarta-feira, o presidente já havia se reunido com os presidentes de Vasco e Flamengo e chegou a discutir a possibilidade de trazer os dois times cariocas para treinarem em Brasília. Acertadamente, Botafogo e Fluminense são contrários à volta do futebol.
De fato, o futebol foi atingido em cheio como tudo no país, mas falar em futebol agora a mim parece uma brincadeira de mal gosto. Como brasileiro que sou e amante do futebol, também gostaria de estar vendo a bola rolar, mas ainda é cedo demais para isso diante dos números crescentes no país.
Mesmo com 32 mil casos e 3 mil 412 mortos pela Covid-19, até ontem, no Rio de Janeiro, Bolsonaro se reuniu em Brasília com Marcelo Crivella e pediu ao prefeito que autorizasse a volta do Campeonato Carioca. 
“Em um primeiro momento, tinha muito jogador que era contra. Agora já tem um outro entendimento dos jogadores, obviamente sem torcida. Está nas mãos do prefeito Marcelo Crivella isso”, disse Bolsonaro.
“No que depender do Ministério da Saúde, o ministério também é favorável a dar um parecer nesse sentido. Para que a gente possa assistir a um futebolzinho no sábado, domingo – afirmou. – Os jogadores querem. O que interessa é isso: os jogadores querem voltar a jogar. E afinal de contas, não sabe até quando vai esta pandemia e todo mundo pede por isso aí. Espero que o Marcelo Crivella resolva autorizar a volta do campeonato Carioca. Espero que o mesmo aconteça nos demais estados”, completou.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comments

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.