Márcio Jerry elogia ações de governadores no combate ao coronavírus

11:10:00 PM

Enquanto governadores estão tomando medidas drásticas para evitar mortes causadas pelo coronavírus, Jair Bolsonaro (sem partido) segue o caminho inverso e insiste em minimizar a pandemia. Os desencontros resultaram em trocas de acusações públicas entre o presidente e alguns dos principais chefes dos Executivos, como Wilson Witzel (PSC-RJ), João Doria (PSDB-SP) e Flávio Dino (PCdoB-MA).

Para o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), o alinhamento nas ações de políticos de diferentes ideologias no combate ao coronavírus, como é o caso dos governadores, mostra que os líderes estaduais estão no caminho certo.

“Estamos passando por uma grave crise sanitária e econômica. Aplaudo os governadores do Brasil, que com responsabilidade e acima de divergências político-partidárias estão suprindo, na medida do possível, as desastrosas negligências e incompetência do presidente”, disse o parlamentar nesta segunda-feira (23).

Com a falta de iniciativa do Governo Federal, as medidas dos gestores estaduais, seguindo a sugestão da Organização Mundial de Saúde (OMS) de restringir a circulação de pessoas, ganharam relevância: shoppings, parques e estabelecimentos comerciais não essenciais foram fechados. Barreiras sanitárias foram criadas em rodoviárias e aeroportos, e estado de calamidade foram declarados.

Em meio aos anúncios, Bolsonaro – que já tinha dito que o coronavírus era “fantasia” -, afirmou que “remédio, quando em excesso, pode não fazer bem” e que a economia dos estados precisava funcionar.

Flávio Dino respondeu: “Não queremos fazer disputa política nesse momento, porque nós temos responsabilidade. Não é hora de brigar com a China, nem com governadores, é hora de brigar contra o vírus, contra a pandemia. Essa sim é uma atitude patriótica, séria. Ainda há tempo, mas é dever dele e só dele”.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.