Com mais de 10 mil habitantes, Ilhinha tem esporte abandonado!

3:37:00 PM



Segundo dados censitários a comunidade da Ilhinha, integrante do complexo bairro São Francisco, possui cerca de mais de 10 mil habitantes, dentro desta população 80% se auto declara negro/pardo e a renda média mensal destas pessoas não ultrapassa R$ 300,00 (trezentos reais).

Dentro desta situação há outro agravante, o Estádio Beira Rio que mais parece um elefante branco. Segundo documentos públicos oficiais, apenas no ano de 2016 teria sido destinado verba de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para obras de melhorias do local, além disto, no mesmo ano, segundo diário oficial ocorreu repasse de mais três aditivos de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) cada. Desta forma o valor da obra, apenas neste ano alcançou o astronômico valor de R$ 750.000,00  (setecentos e cinquenta mil reais) entretanto no local da obra é possível se deparar com um Estádio sucateado, que mais parece um campo simples, onde a grama alta e os portões fechados demonstram que não está apto a uso da comunidade.

No inicio do mês de fevereiro moradores protocolaram denúncia junto a ouvidoria do Ministério Público anexando diversos documentos e registros que comprovam o que foi dito, inclusive que a diretoria do campo estaria cobrando dos moradores a quantia de R$ 100,00 (cem reais) para utilização do local, ressaltando-se que é um valor abusivo para uma comunidade que vive com renda média de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais). Além da denúncia protocolada os moradores que reivindicam explicações acerca do equipamento público tem buscado se utilizar de outros meios, como abaixo assinado e apoio da imprensa para garantir a repercussão do fato a fim de juntar mais apoiadores a causa.

Recentemente, Ronaldo Serra, que tem encabeçado essa luta junto com outros moradores e esportistas esteve na Rádio Mirante AM 600hz destacando essa situação no programa Acorda Maranhão. O jornalista Marcial Lima que conduz o programa destacou que essa situação do campo Beira Rio é antiga e constante o programa buscava cobrar do poder público. 

A comunidade segue firme nessa mobilização e aguardando respostas, o que mais intriga a população é que o Vereador Osmar Filho, que se diz respresentante da comunidade nunca se manifestou a respeito do fato, entretanto, recentemente ele posou ao lado de Lindomar, vice presidente do campo Beira Rio, em outra obra pública localizada no São Francisco e talvez essa proximidade política do Vereador Osmar com o gestor do campo esteja impedido o parlamentar de falar em defesa da comunidade. Fiquemos atentos!

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Olá Seja Bem Vindo (a)
Agradecemos pela sua Visita.
Obs: Comentários ofensivos e outros tipos de comentários serão retirados do ar.