''Natal: Data festiva ou rito de falsidade?''

10:48:00 PM


Cuidado com as cobras disfarçadas de pessoas!



O Natal é a data mais esperada do calendário pela maioria dos povos. Por diversos motivos distintos. Para os comerciantes, é o lucro exorbitante. Para os consumistas, o exagero sem fim. Para os cristãos, o nascimento do salvador. Para os que não acreditam em nada disso, é apenas um dia qualquer.

As pessoas, por alienação ou sei lá o que, se vêm meio que obrigadas a seguir as mesmas tradições ultrapassadas e assim, discriminam fervorosamente, todo e qualquer conceito que indivíduos de outros grupos religiosos, sociais, étnicos, dêem ao natal. Pra quê tanto preconceito? Nenhum significado pode ser considerado como o único correto isso vai depender de cada um. O que é natal para mim, com certeza não é a mesma coisa para você. O importante é a crença que cada ser nutre dentro de si próprio. E isso, nós jamais teremos o direito pleno de julgar. Passam as decorações, os presentes e as ceias...  Os ensinamentos em livro idolatrados, nunca são realmente levados a sério. Mas o que fica de verdade é o ato de estar perto de quem amamos e a constante evolução do nosso eu espiritual.

O problema é quando transformam o natal em uma festa onde cultuam a falsidade. Como é possível, que trabalho ou escola, pessoas que se odiaram o ano inteiro, posso mudar tão assustadoramente, em dezembro? Está é uma ação, que nem as mentes mais intelectuais do mundo, são capazes de compreender. Pois o nível de falsidade no final do ano é algo tão elevado e nojento, que foge ao entendimento racional. Poupem-nos de tamanha hipocrisia. Natal é momento de reflexão, não de querer aparecer à custa de carinho e elogios forçados

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Olá Seja Bem Vindo (a)
Agradecemos pela sua Visita.
Obs: Comentários ofensivos e outros tipos de comentários serão retirados do ar.