PIB: Flávio Dino diz que economia só sairá do chão com outra agenda

8:52:00 PM

A queda do Produto Interno Bruto de 0,2% no primeiro trimestre deste ano em relação aos três meses anteriores, foi o primeiro resultado negativo trimestral e deixa a economia do país no chão. Não havia um resultado negativo desde o último trimestre de 2016.
Para o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), os dados divulgados nesta quinta-feira (30) pelo IBGE revelam que a economia só sairá do chão com outra agenda. 

“País precisa de menos perseguições ideológicas e mais foco no essencial: retomar investimentos públicos e cortar juros. Só assim haverá impulso aos investimentos privados”, disse o governador diante do fracasso do governo Bolsonaro.

Ex-candidato a presidente, Ciro Gomes (PDT) diz que atualmente o PIB brasileiro cresce dependendo do consumo das famílias. “Com 14 milhões de desempregados, 32 milhões de pessoas na informalidade, e 63 milhões de brasileiros humilhados com nome sujo no SPC, nossa economia não cresce”, diz.

“Confiança na indústria cai e empresários estão pessimistas. Expectativa de crescimento para o PIB só decepciona, número de lojas fechadas aumenta e desemprego dispara. E o Brasil acima de tudo?”, questiona ironicamente o deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE).


O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) diz que o Brasil engatou ré. “Sob o ´mito´, nosso primeiro trimestre foi um imenso mico. O PIB retraiu, a estagnação é geral e o nosso país está às bordas de uma depressão econômica”, lamentou o senador.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.