Gilmar Mendes sobre a prisão de Lula: “Deveríamos ter esperado decisão definitiva” - Lula não deveria ter sido preso em segunda instância. Agora? Tarde demais.

9:25:00 AM


Lula não deveria ter sido preso em segunda instância. Agora? Tarde demais.

“Temos que examinar com todo cuidado. A questão será examinada pelo STJ e, depois, pelo STF, quando for pertinente”, acrescentou o ministro.

Em Lisboa nesta segunda (22), durante evento do mundo jurídico, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes defendeu que Lula não deveria ter sido preso antes de uma “decisão definitiva”, em oposição ao decreto executado pelo ex-juiz Sergio Moro quando o ex-presidente foi condenado no caso triplex em segunda instância.

“Tenho a impressão de que deveríamos ter esperado uma decisão definitiva, não a decisão de segundo grau. Mas isso já ficou superado”, disse Gilmar.

O ministro acrescentou que a prisão será discutida no momento “pertinente”.

“Não me consta que isso foi discutido no processo. Temos que examinar com todo cuidado. A questão será examinada pelo STJ e, depois, pelo STF, quando for pertinente.”

O início do julgamento do recursos de Lula no STJ está previsto para esta terça (23).

No Supremo, o ex-presidente aguarda decisões sobre ao menos dois pedidos habeas corpus. Um deles será levado ao plenário a pedido de Gilmar.

*Com informações do GGN


VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.